Home » , , » Guia de Episódios - Game of Thrones - Quarta Temporada

Guia de Episódios - Game of Thrones - Quarta Temporada

Game of Thrones 4.01 - Two Swords
Primeiro episódio da quarta temporada desse enorme sucesso da TV americana, "Game of Thrones". Tyrion Lannister (Peter Dinklage) começa o episódio colocando em prática sua habilidade em diplomacia ao receber o nobre Oberyn Martell (Pedro Pascal) em suas terras. Ele não era o esperado, mas sim seu irmão velho que está no trono, porém como há rivalidades antigas entre as duas famílias, principalmente envolvendo o clã Lannister, Tyrion procura amenizar o mal estar. O príncipe Oberyn inclusive parece pouco interessado em política, estando mais focado em participar de orgias e quem sabe vingança contra aqueles que mataram sua irmã no passado. Longe dali, nas muralhas, Jon Snow (Kit Harington) é julgado por ter se envolvido com uma selvagem e ter participado de alguns atos criminosos que vão contra as regras de sua ordem. Após um tenso processo ele é finalmente dispensado de qualquer pena (pelo menos provisoriamente). Há um iminente ataque sendo preparado e Snow procura alertar seus superiores do perigo, embora não seja muito bem sucedido sobre isso. Tyrion Lannister também está com problemas em sua vida pessoal. Sua esposa, deprimida, se recusa a se alimentar. O casamento forjado não lhe fez bem e a tristeza e a depressão aumentam a cada dia. Por fim, fechando com chave de ouro o episódio, Arya Stark (Maisie Williams) e o antigo "Cão de Guarda" do rei, Sandor 'The Hound' Clegane (Rory McCann), encontram numa taverna membros do exército de Joffrey Baratheon! Não será um dos encontros mais amigáveis da série. O que podemos dizer mais sobre "Game of Thrones"? Os roteiros são excelentes, produção digna de qualquer grande produção para o cinema e um elenco afiado compõe um dos mais bem sucedidos programas dos últimos tempos. Mais uma amostra do maravilhoso trabalho desenvolvido pelo canal HBO. Simplesmente imperdível! / Game of Thrones 4.01 - Two Swords (EUA, 2014) Direção: D.B. Weiss / Roteiro: George R.R. Martin, David Benioff / Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey, Kit Harington.

Game of Thrones 4.02 - The Lion and the Rose
A quarta temporada de "Game of Thrones" já começa em alta intensidade. Nesse episódio temos alguns eventos marcantes da série. O vaidoso e arrogante Rei Joffrey Baratheon (Jack Gleeson) se casa com sua nova consorte. Um sujeito insuportável e despreparado, cheio de atitudes juvenis e constrangedoras, que parece ter a firme convicção que reinará por longos anos. O que ele não sabe é que já existe todo um complô para acabar com seu breve reinado. Bem no meio das festividades Joffrey começa a se indispor com Tyrion Lannister (Peter Dinklage). As provocações já começam com a pequena trupe de anões que se apresenta na corte. Com todos vestindo trajes de combate eles recriam, em tom burlesco, os principais momentos das sangrentas guerras que assolaram todos os reinos. A piada de mau gosto abre sorrisos amarelos em todos, afinal ninguém ali arrisca contrariar as idiotices do Rei Joffrey. Tyrion porém não deixa barato e afirma ser um desrespeito aquele show de horrores sem graça para com os que morreram nos campos de batalha. A atitude do pequenino  Lannister desperta o pior lado do monarca que resolve a partir daí humilhar o máximo possível Tyrion. O nomeia seu serviçal e pede que ele lhe sirva vinho, mantendo seu copo sempre cheio - uma óbvia forma de rebaixá-lo na frente de todos. O que ele não contava é que estaria prestes a provar de seu próprio veneno, literalmente falando. Episódio adaptado para a TV a partir do texto original "A Song of Ice and Fire" de George R.R. Martin / Game of Thrones 4.02 - The Lion and the Rose (EUA, 2014) Direção: Alex Graves / Roteiro: George R.R. Martin, David Benioff / Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey.

Game of Thrones 4.03 - Breaker of Chains
Não foi um grande episódio, mas manteve o excelente nível de Game of Thrones. Nos Estados Unidos a série é uma verdadeira febre. Confesso que ao longo de todas essas temporadas fui gradativamente perdendo o interesse. Sigo por uma questão de estar antenado com as novidades, mas realmente não há muito o que celebrar. Um dos problemas que aponto nessa quarta temporada é a lentidão com que os roteiristas vão desenvolvendo os episódios ultimamente. Com duração em média de 50 minutos de duração era de se esperar que acontecesse mais coisas. "Breaker of Chains" retrata bem esse estado de coisas. Embora o episódio seja longo nada de muito especial acontece. As melhores cenas são aquelas em que Tyrion Lannister (Peter Dinklage) está na prisão, conspirando para arranjar um jeito de sair de lá. Fora isso temos o longo funeral do Rei Joffrey Baratheon (Jack Gleeson). Há uma cena especialmente gratuita e sensacionalista de sexo, bem embaixo do corpo do monarca! Será que o clima de "50 Tons de Cinza" finalmente invadiu o universo de Game of Thrones? / Game of Thrones 4.03 - Breaker of Chains (EUA, 2014) Direção: Alex Graves / Roteiro: George R.R. Martin ( baseado em "A Song of Ice and Fire"), David Benioff/ Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey.

Game of Thrones 4.04 - Oathkeeper
Na luta entre Daenerys Targaryen e Meereen a primeira mostra toda a sua capacidade de organização e superação. Ela não aceitará qualquer tipo de oposição em sua sede de poder e demonstra que estará disposta a tudo para concretizar seus planos de dominação. Enquanto isso os bastidores fervem de conspirações. Bronn diz a Jaime que ele está mais do que certo, uma vez que Tyrion realmente nada teve a ver com a morte de Joffrey. E a identidade dos assassino do Rei Joffrey é finalmente revelada depois de muitas especulações - embora não seja necessariamente a verdade. Ao visitar o irmão em sua cela se convence ainda mais disso. Jaime também pede a Brienne que essa encontre Sansa pois ele deseja lhe dar sua espada, Oathkeeper (que inclusive dá nome ao episódio). Já no Castelo Negro Jon Snow recebe permissão para comandar um grupo de voluntários para avançar 60 milhas rumo ao norte. Ele pretende abrir uma linha de conversação com o exército rebelde liderado por Mance Rayder. Por fim Bran acaba se tornando prisioneiro de Karl Tanner na tomada da fortaleza de Craster. Mais um bom episódio da série, sempre muito bem realizada, com ótima produção. / Game of Thrones 4.04 - Oathkeeper (EUA, 2014) Direção: Michelle MacLaren / Roteiro: David Benioff / Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey.

Game of Thrones 4.05 - First of His Name
Rei morto, rei posto. Com a morte de Joffrey seu trono fica vago, mas não por muito tempo. Tommen Baratheon (Dean-Charles Chapman) se torna assim o novo Monarca Supremo dos Sete Reinos. O problema é que ele é muito jovem e completamente inexperiente. Será um bom Rei? Essa é a pergunta que todos se fazem. O que se torna mais certo é que apesar de mal saído da adolescência Tommen Baratheon parece ter boas intenções e uma certa bondade em seu coração, algo que era inexistente na personalidade psicopata de Joffrey. Os inimigos porém ficam com olhos de Lince sobre a nova situação política. Jorah Mormont aconselha Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) das inúmeras possibilidades de se lidar com essa nova situação, entre elas a iminente fragilidade que se abaterá no trono agora com um Rei tão jovem e sem experiência. A Rainha também decide que deverá ela mesma administrar mais de perto todo o extenso território que está sob seus domínios. Enquanto alguns lutam pelo poder máximo outros apenas tentam sobreviver, ficar vivo. É o caso de Tyrion Lannister (Peter Dinklage), acusado de ter envenenado o Rei Joffrey. / Game of Thrones 4.05 - First of His Name (EUA, 2014) Direção: Michelle MacLaren / Roteiro: David Benioff / Elenco: Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey, Emilia Clarke.

Game of Thrones 4.06 - The Laws of Gods and Men
Em relação a Game of Thrones estou mais atrasado que noiva em dia de casamento. Tudo bem, não é algo tão importante assim, afinal cada um tem seu próprio ritmo. De qualquer maneira a série, que teve duas novas temporadas confirmadas nos Estados Unidos recentemente, continua sendo uma das melhores coisas para se assistir na TV atualmente. O que mais marca nesse episódio é o começo do julgamento de Tyrion Lannister (Peter Dinklage). Acusado de matar o rei ele finalmente é levado para ser julgado pelos seus pares (ou quase isso). Tywin Lannister (Charles Dance), seu próprio pai com quem tem inúmeras diferenças pessoais, é designado para coordenar os trabalhos. Obviamente que nos bastidores ele elabora um plano para que Tyrion seja condenado, mas ao mesmo tempo fique isento de pena, sendo banido para viver na fronteira gelada do norte. O próprio réu é informado disso, mas revoltado por estar sendo acusado de algo que definitivamente não fez, ele acaba fazendo um apelo ao tribunal, pedindo para que os deuses decidam seu destino, através de um julgamento de combate (uma espécie de ordália de Deus, algo bem comum em tempos medievais). Enquanto Tyrion joga dados com sua vida, Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) segue com seus planos ambiciosos de dominação. Ela pretende avançar cada vez mais pelos sete reinos, apoiada em seus dragões e um exército de mercenários. Tentando passar a imagem de soberana sábia e justa ela abre audiências para seus súditos, onde decide sobre questões cotidianas e nobres, como por exemplo, como indenizar os pastores que ficam sem seus rebanhos da noite para o dia por causa da fome feroz dos dragões da nova rainha. Coisas da vida. / Game of Thrones 4.06 - The Laws of Gods and Men (EUA, 2014) Direção: Alik Sakharov / Roteiro: David Benioff, baseado na obra "A Song of Ice and Fire" de George R.R. Martin / Elenco: Peter Dinklage, Emilia Clarke, Charles Dance, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey.

Game of Thrones 4.07 - Mockingbird
Acusado injustamente de ter envenenado o Rei Joffrey, Tyrion Lannister (Peter Dinklage) tenta se manter vivo de todas as formas. Ele propõe que se faça uma luta ao velho estilo, seguindo costumes antigos, de maneira que se seu campeão se tornar vencedor na arena ele será solto. O problema agora se resume em achar o homem certo para a luta mais decisiva de sua vida. Enquanto Tyrion luta por sua vida, a Rainha Daenerys Targaryen (Clarke) luta para controlar seus desejos carnais. Ela até tenta resistir às inúmeras tentações, mas acaba cedendo, indo parar nos braços e na cama de Daario Naharis (Michiel Huisman). Esse aproveita a inesperada aproximação com o trono para sugerir à Rainha medidas a serem tomadas contra os antigos mestres de escravos. Ela porém não está disposta a abrir mão de seu poder de comando e resolve seguir por outros caminhos. O desejo e a política devem estar sempre separadas - essa é a grande lição que a Rainha deixa subentendida para seu amante de ocasião. / Game of Thrones 4.07 - Mockingbird (EUA, 2014) Direção: Alik Sakharov / Roteiro: David Benioff, baseado na obra "A Song of Ice and Fire" de autoria do escritor George R.R. Martin / Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey, Emilia Clarke, Michiel Huisman, Charles Dance.

Game of Thrones 4.08 - The Mountain and the Viper
Theon Greyjoy é enviado para as frente inimigas com a missão de convencê-los a se renderem, prometendo que todos poderão voltar para suas casas e suas terras em paz. Enquanto isso a Rainha Daenerys Targaryen (Clarke) vai descobrindo os problemas e conflitos que nascem após conquistar várias terras, com costumes e tradições tão diferentes. Além de ser sábio o líder precisa ter diplomacia e jogo de cintura, uma vez que não é sempre que a força bruta poderá resolver todos os problemas. Bom episódio, centrado muito mais nas conspirações que envolvem os principais reinos do que na pura ação e violência. Dirigido por Alex Graves, um dos mais presentes diretores na série. Experiente e veterano ele também já dirigiu vários episódios de outras séries de sucesso tais como "Homeland", "Shameless" e "Longmire", ou seja, experiência certamente não lhe falta. / Game of Thrones 4.08 - The Mountain and the Viper (EUA, 2014) Direção: Alex Graves / Roteiro: David Benioff, baseado na obra "A Song of Ice and Fire" de autoria do escritor George R.R. Martin / Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey, Emilia Clarke, Michiel Huisman, Charles Dance.

Game of Thrones 4.09 - The Watchers on the Wall
Nesse episódio temos a primeira tentativa por parte dos povos selvagens e bárbaros do norte gelado em tomar e destruir a grande muralha. A Patrulha da Noite assim tem seu primeiro teste de fogo ao deter os avanços dessas hordas de guerreiros. E elas estão muito bem preparadas - além de possuírem 1000 homens para cada membro da Patrulha da Noite eles ainda contam com gigantes montados em mamutes enormes e violentos! Um dos principais comandantes dos "corvos" (como são chamados pelos bárbaros) acaba sendo morto em um dos momentos mais sangrentos da invasão (justamente a tomada do portão sul). Assim, no meio do caos, o comando passa para Jon Snow (Kit Harington) que precisa manter todo o sangue frio para comandar seus homens. O fato mais chocante desse episódio - spoiler - vem com a morte de Ygritte (Rose Leslie), a ruivinha selvagem que era apaixonada por Snow. Ao encontrá-lo no meio do caos da guerra ela para, hesita e não consegue atacar seu amor (que afinal de contas está lutando pelos corvos). Suas hesitação acaba lhe custando a vida pois ela é atingida (vejam que ironia) por uma flecha certeira em seu coração. Tenho certeza que todos os fãs de Game of Thrones sentiram muito sua morte (mais uma dentre as muitas que virão envolvendo personagens importantes). Ela era selvagem, mas ao mesmo tempo muito sensual, uma garota sexualmente muito ativa que não tinha medo de expor seus desejos mais primitivos. Então é isso. The Watchers on the Wall é certamente um dos melhores episódios da série - algo para ficar na memória dos fãs da saga de Martin. / Game of Thrones 4.09 - The Watchers on the Wall (EUA, 2014) Direção: Neil Marshall / Roteiro: David Benioff, baseado na obra de George R.R. Martin ("A Song of Ice and Fire") / Elenco: Kit Harington, John Bradley, Hannah Murray, Rose Leslie.

Game of Thrones 4.10 - The Children
Finalmente cheguei, com bastante atraso, ao final da quarta temporada. Como era de se esperar para um episódio final muita coisa acontece ao mesmo tempo, uma tentativa de ir fechando arcos narrativos ao mesmo tempo em que prepara o espectador para a quinta temporada. Nesse episódio Stannis Baratheon (Stephen Dillane) cerca os povos rebeldes do norte, colocando um ponto final a um conflito que já se prolongava há tempos. Enquanto isso Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) toma conhecimento que seus amados dragões estão criando inúmeros problemas entre seus súditos. Além de destruírem plantações, eles ainda matam em profusão. A vítima é uma garotinha de apenas 3 anos. Seu pai leva o corpo carbonizado da menina até os pés de Targaryen que fica visivelmente abalada com a cena. Para evitar que isso ocorra novamente ela resolve, com muito pesar, acorrentar os dragões. Um outro aspecto interessante desse mesmo ciclo narrativo acontece quando um senhor já de idade avançada vai até ela pedir para que volte ao domínio de seu antigo senhor (Targaryen havia banido a escravidão da cidade). Ele argumenta explicando para a rainha que enquanto escravo tinha uma função importante na casa de seu antigo mestre pois era professor de seus filhos, respeitado por todos. Já livre ele não tem mais o que fazer, andando a esmo pelas ruas, vivendo das migalhas de seu reino. Uma metáfora interessante escrita por George R.R. Martin baseada em velhos contos medievais sobre as correntes douradas da escravidão. Já perto da muralha Jon Snow (Kit Harington) leva o corpo de Ygritte (Rose Leslie) para seu funeral, seguindo a velha tradição dos povos bárbaros. Esse estranho e improvável relacionamento amoroso foi bastante explorado em episódios anteriores. A cena marca a despedida da personagem da série. Por fim e não menos importante: Tyrion Lannister (Peter Dinklage) escapa da prisão com a ajuda do irmão, não sem antes acertar contas com sua antiga amante e seu pai, Tywin Lannister (Charles Dance), pego completamente desprevenido com sua presença em seus aposentos. Ah e antes que me esqueça, não poderia também deixar de citar a ótima cena com os esqueletos na geleira. Essa sequência me lembrou muito de "Jasão e o Velo de Ouro", clássico do cinema de fantasia dos anos 60, com inesquecíveis efeitos especiais feitos por Ray Harryhausen. Quem curte cultura pop certamente pegará a homenagem que foi bolada por R.R. Martin para o antigo mestre dos efeitos visuais. Um momento deliciosamente nostálgico dentro da série. / Game of Thrones 4.10 - The Children (EUA, 2014) Direção: Alex Graves / Roteiro: David Benioff, baseado na obra "A Song of Ice and Fire" de  George R.R. Martin / Elenco: Peter Dinklage, Kit Harington, Emilia Clarke, Stephen Dillane, Rose Leslie, Charles Dance, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Homens Perigosos

Título no Brasil: Homens Perigosos Título Original: Hoodlum Ano de Produção: 1997 País: Estados Unidos Estúdio: United Artists Direçã...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates