Home » » Espada da Vingança

Espada da Vingança

Título no Brasil: Espada da Vingança
Título Original: Sword of Vengeance
Ano de Produção: 2015
País: Inglaterra
Estúdio: Vertigo Films
Direção: Jim Weedon
Roteiro: Matthew Read, Julian Unthank
Elenco: Stanley Weber, Annabelle Wallis, Edward Akrout, Misa Beric
  
Sinopse:
Em uma Inglaterra medieval, dominada por Saxões e Normandos em guerra, um estranho chega em um dos feudos do Reino. Ele está sozinho, mas assim que encontra forças miliares que exigem tributos por estar naquela terra começa seu plano de vingança. Munido apenas de sua espada e de uma incrível habilidade de combate, ele começa a trucidar todos os seus inimigos que encontra pela frente. Ajudado por um pequeno grupo de Saxões que tentam viver naquele império de medo e violência, ele logo se torna líder de um numeroso grupo de resistência contra o tirano Artus (Gianni Giardinelli).

Comentários:
Produção inglesa que vai direto ao ponto. O roteiro é simples, nada mais do que aquela velha história de vingança contra a morte de seus pais. O personagem principal é um sujeito com cara de poucos amigos que deseja vingar a morte de seu pai ocorrida muitos anos antes. Para complicar ainda mais a situação o assassino que ele procura é o seu próprio tio, que tirou a vida do irmão para dominar completamente a região. Após a morte de seu pai ele foi vendido como escravo, quando ainda era apenas uma criança. Agora está de volta! Conhecido apenas como Shadow Walker sua filosofia de vida parece se resumir em uma frase que diz "A vingança é a minha única crença". O protagonista é interpretado pelo ator francês Stanley Weber, que apesar de não ser um sujeito alto e forte, como era de esperar nesse tipo de aventura medieval, consegue dar conta do recado. Já sua partner romântica em cena (se é que podemos pensar naquilo como um relacionamento amoroso) é interpretada pela atriz Annabelle Wallis que esteve em filmes como "Annabelle" e "X-Men: Primeira Classe", além de emprestar sua beleza loira para séries tão diversas como "The Tudors", "Pan Am" e "Peaky Blinders". Pelo visto tomou gosto por esse tipo de filme pois em breve estará em outra atuação no mesmo estilo em "Knights of the Roundtable: King Arthur". O diretor Jim Weedon em seu primeiro filme criou um clima muito bom em cima desse enredo relativamente simples. A fotografia é toda saturada nas cores branco, preto e cinza, o que traz uma sensação de estar realmente vivendo em um mundo devastado, sem esperanças. A produção, embora modesta, consegue suprir todos os problemas de forma bem inventiva, valorizando momentos de tensão e criando um cerco de terror com sua trilha sonora marcante. No geral é uma boa amostra do que vem por aí nessa nova geração de cineastas britânicos. São jovens diretores que valorizam mais o estilo e o visual cinematográficos do que propriamente enredos mais complexos e bem elaborados. Esses cineastas assim preferem dar mais atenção à forma do que ao conteúdo. Não deixa de ser uma experiência válida e pode ser o começo de um novo jeito de fazer cinema no Reino Unido.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

1 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.0

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Homens Perigosos

Título no Brasil: Homens Perigosos Título Original: Hoodlum Ano de Produção: 1997 País: Estados Unidos Estúdio: United Artists Direçã...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates