Home » » Oscar 2016: Mad Max - Estrada da Fúria

Oscar 2016: Mad Max - Estrada da Fúria

A Academia tem certo preconceito contra filmes de ação, terror e ficção. Tanto isso é uma verdade que se olharmos para a história veremos que pouquíssimos filmes desses gêneros cinematográficos foram premiados nas categorias ditas principais (como melhor filme, roteiro, direção e ator). Geralmente aos filmes de ação e ficção são reservados apenas os prêmios técnicos. Esse ano não foi exceção. Apesar do filme "Mad Max - Estrada da Fúria" ter arrancado indicações nas categorias de Melhor Filme e Melhor Direção (algo bem raro), ele só tinha chances mesmo de vencer naquelas categorias reservadas a esse tipo de filme. E por que isso aconteceu? Porque Mad Max não tinha méritos suficientes para disputar os principais prêmios? Absolutamente não! Como eu disse, tudo no fundo é apenas preconceito.

Veja, o premiado de Melhor Filme foi "Spotlight", um filme burocrático sobre jornalismo. Ele venceu "Mad Max" simplesmente porque é um drama. Se formos colocar os dois filmes lado a lado, sem pré julgamentos ou preconceitos, veremos que Max é muito superior, tanto tecnicamente como puro cinema. Não há comparações. Também há fatores políticos envolvidos. Assim tiraram da cartola um prêmio de melhor filme que surpreendeu a muitos e não convenceu ninguém.

Dessa maneira, sendo tirado da competição antes mesmo de sair os resultados, sobrou a "Mad Max" disputar os prêmios ditos técnicos. Seu grande concorrente na noite era o novo "Star Wars" e realmente muitos pensavam que ele não conseguiria superar o grande sucessos da Disney. Porém, apesar das previsões, o filme surpreendeu e no final da noite acabou sendo o mais premiado do Oscar 2016, com seis prêmios: Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e cabelo e Design de Produção. E na minha concepção também deveria ter sido premiado com o Oscar de Melhores Efeitos Especiais (que acabou indo para Ex-Machina, outra surpresa da noite).

Então é isso. Dentro de uma visão bem limitada em termos de integrantes da Academia o filme Mad Max acabou se saindo muito bem. Como Melhor Filme ele definitivamente não seria premiado, pelas razões que já escrevi aqui. Só havia mesmo maiores esperanças de vencer, entre as categorias principais, em Melhor Direção para George Miller. Ele deveria ter sido lembrado. Seu trabalho de direção no filme é maravilhoso, mostrando que esse veterano cineasta chegou em um ponto na carreira que deveria ter sido justamente premiado pelo conjunto de sua obra. Infelizmente a mentalidade tacanha de certos membros da Academia acabou pesando mais do que um reconhecimento tardio, mas merecido, de um diretor realmente brilhante.

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Pablo. Perfeito o seu enfoque sobre as ideias preconceituosas dos que mandam e votam na Academia. Em verdade, em verdade eu vos digo: Considerando a fraqueza dos concorrentes, Mad Max-Estrada da Fúria, tinha que ter abocanhado, além das seis estatuetas, as de direção, filme, atriz principal, roteiro e efeitos especiais. Spotlight e Star Wars são verdadeiras piadas cinematográficas perto da grandiosidade e do viés lisérgico de Max.

    ResponderExcluir
  2. Filme de ação não deve vencer o Oscar de Melhor Filme.
    Filme de ficção não deve vencer o Oscar de Melhor Filme.
    Filme de terror não deve vencer o Oscar de Melhor Filme.
    Filme de comédia não deve vencer o Oscar de Melhor Filme...

    Só dramas podem vencer o Oscar...

    Pois é Telmo, é bem assim que pensa a Academia.
    É muito preconceito para a cabeça de tão poucas pessoas.

    ResponderExcluir
  3. Por isso que Brando deu uma banana para o Oscar.

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Posters: xXx: Reativado (2017)

Posters: xXx: Reativado (2017) - Divulgado a primeira leva de posters promocionais do novo filme do ator Vin Diesel. Na verdade se trata ...

Pesquisar este blog

 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates